Embaixada de Portugal na Roménia

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Bem-Vindo à Embaixada de Portugal em Bucareste

Sem Título

Plataforma de ensino a distância “Português Mais Perto”

português mais perto

Foi lançada no dia 7 de fevereiro a Plataforma de ensino a distância “Português Mais Perto”, numa iniciativa do Camões, I.P. e da Porto Editora.
2. Esta ferramenta disponibiliza cursos de Português Língua Materna para aqueles que estudaram em Portugal, correspondentes aos programas do 1º ao 12º anos, e cursos de Português Língua de Herança, neste momento nos níveis iniciais A1 e A2 para aqueles que fizeram toda a sua escolaridade no estrangeiro. Além disso, os cursos estão disponíveis nas modalidades de autoaprendizagem (40 Euros/ano) e com tutoria (90 Euros/ano), estando este acompanhamento a cargo do Camões, I.P.
3. A Plataforma “Português Mais Perto” está concebida como um apoio às famílias que pretendem que os seus educandos mantenham a aprendizagem de língua portuguesa, não sendo uma alternativa à escolaridade no contexto em que se encontram.
4. O projeto pretende constituir um complemento à rede de ensino atualmente existente chegando a novas geografias e colmatando outras necessidades.
5. A Plataforma “Português Mais Perto” pode ser acedida diretamente através do endereço www.portuguesmaisperto.pt ou através do portal do Camões, I.P.

Aplicação "Rgisto Viajante" para smartphone facilita deslocações curtas ao estrangeiro

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e o Secretário de  Estado  das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, apresentaram a  Aplicação "Registo  Viajante" que, a partir de agora está disponível para todos. 

A Aplicação destina-se a quem efetua viagens ou deslocações de curta duração  no estrangeiro. O registo no Ministério dos Negócios Estrangeiros é voluntário,  fácil e  gratuito.

Os dados pessoais inseridos na Aplicação são utilizados pela Direção Geral dos  Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, que garante a sua    segurança e  confidencialidade.

 

 registo viajante

 

 Vantagens da Aplicação

 Quem se inscreve na Aplicação Registo Viajante:

  • Recebe recomendações de segurança no equipamento móvel sempre que a situação no país visitado o justifique.
  • Recebe informações sobre condições de segurança nos países que pretende visitar.
  • Tem acesso a contactos em caso de crise grave no país em que se encontra.
  • Pode ser localizado através do serviço de georreferenciação.
  • Tem acesso a informação sobre os países: representanções diplomáticas e consulares de Portugal.
  • Faz registo da viagem com detalhes de cidades e locais a visitar.
  • Tem acesso a informações de última hora.
  • Respostas a questões frequentes.
  • Ligação rápida com Gabinete de Emergência Consular em caso de crise.
  • Informação atualizada dos países, regiões, cidades ou locais a evitar.

Se reside em Portugal Continental, Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores; se é português, lusodescendente ou tem dupla nacionalidade, e reside em qualquer outro país do mundo, e vai realizar uma deslocação ao estrangeiro, mesmo que temporária, deverá registar-se nesta Aplicação.

Em caso de emergência (catástrofe natural, alteração ordem pública, acidentes) a Aplicação permite que seja mais facilmente localizado e contactado.

Caso o país onde se encontre seja afetado por algumas das situações anteriormente referidas, poderá ser contactado, nomeadamente através dos postos consulares portugueses que, em coordenação com as autoridades locais do país, fornecerão informações úteis.

Esta Aplicação permite-lhe receber informações úteis e conselhos sobre cada país onde pretenda deslocar-se.

A inscrição não implica nenhuma obrigação de intervenção por parte do Ministério dos Negócios Estrangeiros. As informações recebidas não têm carácter vinculativo, funcionando apenas como indicações e conselhos, sendo suscetíveis de alteração a qualquer momento.

Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.

O registo é voluntário, mas deve ser rigoroso e verdadeiro. Em caso de suspeita de informações falsas, a conta do utilizador será encerrada.

Em viagem, o utilizador deve considerar a subscrição de um contrato de itinerário junto do seu operador de telecomunicações.

Comunicado do Governo - Dia internacional em memória das vítimas do Holocausto

Há precisamente 72 anos, no dia 27 de janeiro de 1945, os Aliados libertaram o campo de concentração de Auschwitz-Bikernau, símbolo máximo da barbárie e da desumanidade nazi.

Hoje, quando se comemora o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, o Governo de Portugal junta-se a todos aqueles que escolhem não esquecer.

Recordar este período negro da História da Humanidade é um dever de todos, e assegurar que não se repete é uma obrigação comum, tanto mais quanto à nossa volta vemos surgirem manifestações de racismo, de xenofobia e de antissemitismo que questionam os valores da tolerância, da não discriminação, do respeito mútuo e da diversidade que devem caracterizar as nossas identidades nacional, europeia e universal.

Evocamos, sem exceção, todas as vítimas do Holocausto, os judeus, os ciganos, os homossexuais, os opositores políticos, os doentes incuráveis e as pessoas com deficiência.

Mas também celebramos a coragem daqueles que escolheram fazer o que estava certo, independentemente das consequências.

Aristides de Sousa Mendes, Alberto Teixeira Branquinho ou Carlos Sampaio Garrido, insignes diplomatas portugueses e exemplos de altruísmo que não podem ser esquecidos, nem tampouco o Padre Joaquim Carreira, cujo labor em prol das vítimas da perseguição nazi levou ao seu recente reconhecimento como «Justo entre as Nações».

Enquanto membro observador na Aliança Internacional para a Memória do Holocausto, Portugal reitera o seu compromisso de manter viva a memória do Holocausto e de continuar a educar as gerações futuras sobre este tenebroso período da nossa História.

O seu ensino é fundamental para não se esquecer nem se menosprezarem os perigos que advêm do ódio, da discriminação, do racismo, da xenofobia, do antissemitismo e da intolerância.

Estes fenómenos inaceitáveis têm de ser combatidos, sem tréguas, para que se garanta o respeito pelos direitos humanos, a tolerância e a defesa intransigente da dignidade de todos os seres humanos.

Contactos

Str. Paris 55
011815 Bucureşti

0040 (0) 21 230 41 36 (Embaixada)
0040 (0) 21 230 41 18 (Secção Consular)
0040 (0) 21 315 37 73 (AICEP)
secretariat@embportugal.ro (Embaixada)
sconsular.bucareste@mne.pt (Secção Consular)
aicep.bucarest@portugalglobal.pt (AICEP)

Facebook 

Mais informação

Ligações úteis

Purple_ribbon.svg.png

GEC Vermelho

 as.png

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas


Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

 

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Turismo de Portugal

 

gaid_mini.png

 

Logotipo Portugal Economy Probe

 

portugal brasao 2

images

sugestao.png